Calorias Comida Japonesa

A comida japonesa vem se tornando cada vez mais popular em todo o Brasil. É muito difícil uma capital ou cidade grande não contar com vários restaurantes e estabelecimentos que trazem a tradição da cozinha japonesa para podermos saborear. Existem, por exemplo, ótimos restaurantes japoneses em Curitiba que você pode aproveitar. Porém, é bom ficar ligado com os “quilinhos a mais” ao curtir a cozinha do Japão e, por conta disso, você pode conferir logo abaixo as calorias da comida japonesa em seus principais pratos e preparações!

Prato Quilocalorias (Kcal)

  • Tekamaki 8 kcal
  • Neguitoromaki 9 kcal
  • Shakemaki 10 kcal
  • Keppamaki 16 kcal
  • Ebimaki 18 kcal
  • Kanimaki (kani kama) 18 kcal
  • Unaguimaki 21 kcal
  • Skin maki 22 Kcal
  • Sushi de robalo 36 Kcal
  • Sushi de polvo 36 Kcal
  • Sushi de camarão 38 Kcal
  • Sushi de kani 40 Kcal
  • Ebi-furai 42 Kcal
  • Sushi de atum 45 Kcal
  • Sushi de salmão 47 Kcal
  • Uramaki de camarão 48 Kcal
  • Uramaki de kani 48 Kcal
  • Uramaki de atum 49 Kcal
  • Ebitem 49 Kcal
  • Neguitoro 50 Kcal
  • Tempurá 50 Kcal
  • Sushi de enguia 51 Kcal
  • Unagui 51 Kcal
  • Uramaki de salmão 52 Kcal
  • Ovas de salmão 52 Kcal
  • Califórnia 53 Kcal
  • Hot Philadelphia 90 Kcal
  • Sakê 133 Kcal (100 mL)
  • Shoyu 134 Kcal (100 mL)
  • Missoshiru 199 Kcal (100 mL)

Esses são os principais pratos de comida japonesa que encontramos nos restaurantes e, como você pode perceber, as calorias são muito baixas, se comparadas à outros pratos. A baixa caloria dos alimentos dá-se principalmente pelo uso de legumes e por conta do peixe cru presente na comida japonesa. É claro que pratos fritos, como o Hot Philadelphia, terão muito mais calorias.

Vale lembrar: as calorias da comida japonesa dependem muito com os ingredientes utilizados, a quantidade de açúcar no arroz, o tamanho das peças e as partes de cada peixe, mais gordurosas ou não. A quantia de molhos como o shoyu usada para acompanhar os pratos também pode deixá-los com uns quilinhos a mais.

Cuidados especiais também à higiene do estabelecimento onde a comida é servida, já que a maioria dos pratos são servidos com peixe cru.

Fonte dos dados: Boa Forma, pela nutricionista (japa, é claro!) Mônica Izumi (exceto as calorias dos pratos Hot Philadelphia, Ovas de salmão e Tempurá além do Sakê, Shoyu e Missoshiru).

Vantagens da comida japonesa

Calorias Comida Japonesa

Comer uns peixinhos crus aqui e ali traz vários benefícios para nossa saúde. Diz-se que o peixe cru presente na comida japonesa auxilia na redução do colesterol (por conter uma boa quantidade de Ômega 3) e no controle da hipertensão, o que é um grande benefício para os brasileiros, que estão amontoados nos hospitais por estes problemas.

Comida japonesa

Se você adicionar o broto de feijão (cru) nessa brincadeira, ainda tem uma turbinada na Vitamina C e nas fibras da sua dieta. O gengibre, presente em vários pratos, além do wasabi (raiz forte) são grandes antibactericidas e auxiliam na digestão. Somando-se a tudo isso, temos ainda o shitake (cogumelo japonês) que estimula nosso sistema imunológico.

Mas atenção: o molho de soja (shoyu) deve ser usado com muita moderação, já que contém altos níveis de sódio. Aí, de nada adianta os benefícios do peixe cru para reduzir a hipertensão!

Além disso, não é porque a comida é natural que ela não contenha calorias: qualquer comida japonesa consumida em excesso vai fazer você ganhar peso: se você jogar 20 sushis de kani “guéla abaixo”, são 400 quilocalorias em uma sentada!

E aí, o que você achou sobre as calorias da comida japonesa? Já está aproveitando os benefícios dessa cozinha oriental, está se entupindo de comida japonesa ou nem pensa em tocar nela? Venha deixar sua opinião! Um grande abraço e até a próxima!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *