Olheiras

Olheiras: Nesse artigo vamos comentar sobre mais um problema dermatológico que incomoda muitos homens e mulheres, especialmente os de pele mais clara: as famosas olheiras! Vamos explicar exatamente o que elas são, como elas surgem e de que forma podemos tratá-la em casa da forma mais eficaz possível, além de quais tratamentos estéticos e cirurgias temos à nossa disposição. Aproveite!

Olheiras

Pasme: a pele que fica logo embaixo dos seus olhos é simplesmente a mais fina de todo o nosso corpo. Enquanto nossa pele mede em torno de 2mm em todo o corpo, a pele embaixo dos olhos tem ¼ deste tamanho, apenas 0,5mm.

Além disso, por essa região passam alguns vasos sanguíneos e, quanto mais fina a pele sobre eles, mais eles aparecem na superfície, dando essa impressão escurecida que chamamos de olheiras.

Causas das olheiras

OlheirasSão várias as situações que podem causar olheiras. Sem dúvidas a causa de olheira mais comum é a falta do sono adequada. O cansaço e o sono causam uma palidez um pouco maior de pele, o que facilita o surgimento das olheiras.

É por isso também que quanto mais clara a pele de uma pessoa, mais comum é o aparecimento de olheiras.

Há também um papel genético hereditário como causa de olheira. A genética e hereditariedade ditam muita coisa sobre nosso corpo, inclusive quão clara é nossa pele, a quantidade de vasos sanguíneos que se formam embaixo dos nossos olhos e a grossura da pele nessa região, todos fatores estes que influenciam o surgimento de olheiras.

Além disso, o surgimento das olheiras depende muito do equilíbrio hídrico do nosso corpo e também na região abaixo dos olhos. Alergias (principalmente a rinite alérgica), asma e sinusite por exemplo, aumentam a quantidade de líquidos na região, dando aquele aspecto inchado aos olhos, o qual também podemos chamar de olheiras.

O mesmo acontece se nós choramos muito ou ingerimos uma quantidade maior de sal em nossa dieta: por osmose, a água sempre se desloca de um local com menor concentração de sal para outro com uma maior quantidade dessa substância. Com os olhos, isso não é diferente.

Outras causas de olheiras incluem também medicamentos que causam vasodilatação, anemia (especialmente em situações como a gravidez e a menstruação, que predispõe à falta de ferro), problemas do fígado e idade.

Como tratar as olheiras?

Veja a seguir algumas maneiras de como acabar com as olheiras de vez: procedimentos estéticos, como tratar em casa, tratamento e receitas caseiras!

Como tratar em casa

A primeira coisa que podemos fazer, para tratar as olheiras (assim como quaisquer outros problemas, principalmente estéticos) de nosso corpo é evitar hábitos simples que facilitam o surgimento destas.

Assim, se você sofre um pouco ou um bocado com as olheiras, comece por ingerir menos sal em sua dieta e evitar líquidos em excesso. Diminua também quaisquer hábitos irritantes da região periorbital (próximas aos olhos) especialmente esfregar demais com as mãos, dormir pouco e dormir com maquiagem. Tudo isso irrita a pele, torna-a mais frágil e aumenta a quantidade e o volume dos vasos sanguíneos na região. Cuidados simples e mudanças de estilo de vida podem ajudar muito a tratar as olheiras mesmo em casa.

Além disso, se possível, experimente dormir de bruços algumas noites e pelo menos variar os lados para os quais você dorme à noite. Aumentar um pouco a quantidade de travesseiro (cuidando para não desalinhar sua coluna) também pode ajudar no tratamento das olheiras.

E se você sofre com rinite alérgica ou sinusites com frequência, tente ao máximo tratar esses problemas, que são causadores muito comuns de olheiras! Congestões nasal facilitam muito o aparecimento do problema.

Receitas caseiras

Sempre que pensamos em olheiras, a imagem que logo nos vem à cabeça é a de uma mulher, com uma toalha envolta no cabelo, um creme verde na pele e uma rodela de pepino em cada um dos olhos, não é mesmo?

Incrivelmente, esse tipo de procedimento ajuda, sim, no tratamento das olheiras. Veja algumas receitas caseiras rápidas que podem aliviar sua pele na região dos olhos:

1. Qualquer substância fria diminui a dilatação dos vasos sanguíneos. Assim, aplicar compressas geladas ou gelo na região pode aliviar suas olheiras e olhos inchados.

2. Pepinos têm propriedades especiais que auxiliam no tratamento das olheiras. Para melhorar sua ação, corte duas fatias grossas, mantenha-as no freezer por aproximadamente 10 minutos e aplique por alguns minutos sobre a pele dos olhos.

3. Você pode também bater no liquidificador os pepinos com limão em quantidades iguais. O resultado é uma substância cremosa que poderá ser aplicada na pele em volta dos olhos com a ajuda de um cotonete.

4. Outra receita rápida são bolsinhas de chás de diferentes tipos. A maioria dos chás, como o chá de camomila, têm propriedades antioxidantes e antiinflamatórias. Para usá-los, basta umedecê-los em água e aplicá-los sobre a região dos olhos por alguns minutos diariamente, até notar a melhora do problema.

Tratamentos e procedimentos estéticos

Quaiquer cremes à base de Retinol (Vitamina A ou Tretinoína) são úteis para aliviar os sinais de olheira e de inchaço da pele. Já comentamos em vários outros artigos sobre o Retinol ser útil para vários problemas de pele. Cremes de Retinol são a prescrição mais comum no consultório dermatológico.

O procedimento estético mais útil para tratar olheiras profundas é o preenchimento com ácido hialurônico. Essa substância está presente em vários tecidos de sustentação de nosso corpo, inclusive na derme, camada de sustentação da pele. Injeções de ácido hialurônico devem ser feitas por especialistas capacitados e experientes. As aplicações são feitas em tecidos profundos da região. Uma aplicação age por aproximadamente 8 meses e o valor gira em torno de 1.000-2.500 reais. Os efeitos colaterais são pequenos e incluem inchaço e vermelhidão, apenas nas primeiras duas semanas.

Temos também cremes à base de ácido hialurônico disponíveis no mercado. Assim como cremes à base de colágeno, muito provavelmente esses produtos não funcionam. Ácido hialurônico, colágeno e outras proteínas de sustentação presentes na derme são moléculas grandes, que dificilmente penetram em camadas profundas pelos poros da pele.

Existem vários outros procedimentos que podem auxiliar no tratamento das olheiras, como a Carboxiterapia, o Peeling, drenagem linfática e fototerapia. De uma forma ou de outra, todos eles ajudam a reforçar a pele da região e diminuir os sinais de inchaço e olheira.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *